Essa tal de felicidade!

AJUDE O PROJETO A LEVAR CONHECIMENTO PARA AS PESSOAS...COMPARTILHE NA SUA REDE SOCIAL PREFERIDA.

Por Paulo Cezar Gouvea



O título desse texto é para chamar a atenção no seguinte ponto: É possível ser feliz no ambiente de trabalho? 

A felicidade é possível realmente ou falamos apenas da boca para fora, justamente para amenizarmos ou mascararmos alguma situação? 


Seguramente essa questão é muito delicada e sensível para de fato ser respondida de pronto. Primeiramente pela situação de mantermos a chamada “política da boa vizinhança”, ou seja, falar aquilo que as pessoas esperam ouvir.  Já num segundo momento, manter o clima em que se encontra e apenas contornar a questão com um simples faz parte e para frente é que se anda.

Ser feliz no trabalho depende muito do estado de espírito de cada pessoa, complicado responder algo de pronto e sem considerar o sentimento envolvido. Na grande maioria das vezes, as pessoas agem de forma inconsciente procurando agradar algum familiar ou amigo e deixar que as coisas fluam ao natural, afirmando que esta feliz em seu trabalho, emprego atual e mascarando o que de fato esta sentindo.

Existem situações em que as pessoas procuram enxergar o verde mais reluzente do gramado do vizinho e esquece-se de valorizar o seu próprio quintal, ou seja, subestimando o que tem à sua disposição de fato. Nesse caso o ideal é repensar se o que esta fazendo, executando e se isso esta lhe trazendo felicidade e independe da questão financeira, mas, do sentimento vivido propriamente dito.

As frustrações, perdas, aborrecimentos, decepções com pessoas e processos fazem parte de qualquer cenário em que esteja trabalhando, e todos esses fatores não podem ser maiores que a própria razão de existir. São sentimentos que testam qualquer pessoa ou profissional e quem falou que é fácil ser feliz realmente? Por isso torna-se complicado afirmar se é possível ser feliz no trabalho.

Em algum momento já ouvimos aquele célebre dito popular: “Embora não esteja fazendo o que gosta, procure gostar do que esta fazendo!” O gostar e ser feliz, são sentimentos que andam juntos em qualquer lugar ou situação, pois um esta ligado ao outro e assim por diante. Ser feliz é o que de fato importa, mas, ser realmente e não apenas da boca para fora, procurando agradar a esse ou aquele, quando o mais interessando somos nós.

A felicidade depende em partes do lugar, do momento vivido, da situação, mas, depende muito mais de nossas ações do que das outras todas, por isso a importância de mantermos bem o nosso espírito, a nossa mente e principalmente, o nosso corpo. Quando estamos bem com nós mesmos, as coisas a nossa voltam tendem a rumar nesse sentido, no mesmo caminho.

Embora no passado tenham dito que a felicidade é efêmera, passageira, atualmente pode-se provar o contrário, em linhas gerais, procurando evitar rotinas, desgastes, embates sem necessidades, confrontos sem sentido e por fim, bater de frente com algo que não o levará a nada ou lugar nenhum a não ser para uma derrota impiedosa.


Essa tal felicidade é para ser vivida e sentida diariamente, parece batido afirmar isso, mas, não é se não alimentarmos essa atitude, seguramente estará fadado ao stress e outros adjetivos que procuram levar a pessoa para baixo, desviando do seu foco e conseqüentemente desmotivando-a. a felicidade é para muitos e não pode ser restrita a esse ou aquele grupo, para isso é preciso sair da sua zona de conforto e partir sem volta para aquilo que faz ou lhe deixa feliz. Uma dica, se ao fim do seu dia de trabalho, consegue chegar a sua casa e após um bom banho, relaxar, colocar a sua cabeça no travesseiro e no outro dia acordar cedo e partir para mais uma jornada, é possível que a felicidade esta ao seu lado e ainda não percebeu, pois o sono e o descanso dos justos é seguramente o mais feliz. Aproveitem e sejam felizes todos os dias, afinal, estamos vivos e isso já é uma grande alegria.




Paulo Cezar Gouvea, Especialista em Planejamento Estratégico e Gestão da Qualidade, é também Bacharel em Administração, casado, possui uma filha e escreve por gostar dessa que também é uma das mais belas formas de se expressar. Tem passagens pelas Áreas: Administrativa, Financeira, Logística/Operacional e Recursos Humanos.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Doações

Marcadores