A soberba e a insegurança!

AJUDE O PROJETO A LEVAR CONHECIMENTO PARA AS PESSOAS...COMPARTILHE NA SUA REDE SOCIAL PREFERIDA.

Por Paulo Cezar Gouvea



O primeiro dia de trabalho dentro de uma empresa é muito importante para o colaborador que esta chegando, pois é a partir desse momento que muita coisa passa a ter uma significância enorme, sendo essas em expectativas, realização e concretização de alguns sonhos, de projetos, ou seja, uma enormidade de opções que fazem parte desse cenário.

Dentro desse contexto, não se pode esquecer que estão envolvidas as pessoas, a equipe de trabalho, o Setor em que venha atuar, enfim, os novos colegas que num futuro próximo e conforme as coisas forem fluindo, naturalmente serão amizades para longa data e outros compromissos quiçá um networking.

Um ponto que chama a atenção e de extrema valia nesse momento é: como será a receptividade? Como o colaborador novo será visto e aceito pelos novos colegas? Esses questionamentos seguramente darão um norte a ser seguido durante à trajetória profissional desse colaborador dentro da organização, empresa ou companhia que venha a fazer parte.

Alguns sentimentos nesse instante passam a aflorar, ou seja, ganham um destaque que pouco se visualiza, mas, que chama a atenção. A soberba, por exemplo, é um desses, se o time em que o novo colaborador não o enxergá-lo como alguém que esta chegando para somar e não tirar, certamente as coisas tendem a seguir para um caminho tortuoso e de difícil solução para o gestor ou líder da equipe.

A soberba é no sentido de não passar a informação, boicotar treinamento, não querer compartilhar ou dividir algo que é importante para o grupo e não apenas para si, ou seja, se mostrar mais que os demais e não respeitar de fato quem está chegando para compor a equipe de trabalho.

Além desse sentimento, outro que ganha destaque é a insegurança do próprio colaborador que esta há certo tempo na empresa, o conhecido medo de perder a cadeira, o cargo, o seu lugar de fato. Pois fica explícito que quem está chegando torna-se uma “ameaça” digamos assim, certamente esta vindo com uma bagagem grandiosa em matéria de conhecimento, postura profissional, compartilhamento de informações e o próprio trabalhar em equipe. Esses sentimentos a soberba e a insegurança, são fatores que podem derrubar um profissional em qualquer campo ou situação se não tratados com o devido cuidado e atenção merecidos.

A gestão deve ter a clara noção do que ocorre com à sua equipe de trabalho, por isso o espaço para o diálogo aberto, feedback devem ser canais facilitadores nesse momento, justamente para evitar que um mal maior venha a acontecer nesse sentido. Na grande maioria dos casos, o colaborador que esta chegando pede a sua demissão ou vai para o enfrentamento, ou seja, expõe publicamente o que esta acontecendo o que não é de bom grado para ninguém, denotando claramente um “racha” na equipe de trabalho.

Para todo bom profissional que tenha passado ou venha enfrentar uma situação dessas, o importante é mostrar a que veio, com o seu valor, com o seu trabalho, esforço e dedicação, inclusive, mostrando claramente que não tem nada a perder, foi contratado para uma determinada atividade e para esse fim que esta se dispondo a passar de fato por cima dessas questões.


As intrigas, rivalidades, invejas e outros sentimentos também irão aparecer no decorrer dos tempos e como já citado, fazem parte desse cenário realmente, mas, o bom profissional, levanta a cabeça, sacode a poeira e avança em frente, pois o que não lhe derruba, fortalece. Por isso a importância da maturidade para certos casos e atitudes, saber lidar e administrar esses sentimentos lhe darão seguramente a confiança que precisa para a execução e a excelência no seu trabalho, ainda mais quando se tem um respaldo legal do seu gestor. Não ser puxa-saco, mas, transparente nas ações e atitudes certamente o tornam mais forte perante esses pontos.




Paulo Cezar Gouvea, Especialista em Planejamento Estratégico e Gestão da Qualidade, é também Bacharel em Administração, casado, possui uma filha e escreve por gostar dessa que também é uma das mais belas formas de se expressar. Tem passagens pelas Áreas: Administrativa, Financeira, Logística/Operacional e Recursos Humanos.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Doações

Marcadores